Marketing de Conteúdo: entenda como funciona

Imagine que você tem um produto. Agora imagine que você tem uma vivência de muitos anos em um determinado segmento, que chamamos de nicho no Marketing.

Você quer vender esse produto, obviamente. Mas não sabe como.

Como será que seria possível vender esse produto de maneira simples, rápida e com muita eficiência?

Sim, com certeza. Estamos falando dessa maravilha que é o Marketing de Conteúdo!

Antes de a gente explicar o que é o Marketing de Conteúdo precisamos falar sobre nicho.

O que é exatamente isso que chamamos de nicho de mercado?

É basicamente uma segmentação de mercado. É onde você identifica um grupo menor dentro de um grupo maior. Esse nicho tem necessidades e interesses peculiares.

Esse pequeno grupo procura constantemente a resolução de problemas, e claro, esse fato é um pote de ouro para os empreendedores.

Temos exemplo?

Claro, temos exemplo.

Um grupo de pessoas que se interessam por receitas low carb é um nicho de mercado. Um grupo de pessoas que se interessam por receitas low carb vegetarianas é um subnicho desse nicho.

Mas Vinícius, o que é Marketing de Conteúdo?

Então, meu caro.

É pura estratégia.

O Marketing de Conteúdo é um método de produzir conteúdos para um determinado nicho. Dessa forma, o público-alvo é auxiliado no processo de compra tornando-o natural e espontâneo.

Você vai ajudar o internauta a resolver um problema com um conteúdo gratuito, causando uma boa impressão e criando um respeito pela sua marca. Você se torna referência no nicho que atua.

E quer saber, meu amigo?

Isso é um campo vasto de atuação.

Podemos dizer que o Marketing de Conteúdo é imprescindível e cada vez mais as empresas têm investido nessa prática.

Cá entre nós, se não fosse rentável ninguém investiria nisso, certo?

Certo!

O nome Marketing de Conteúdo é novo, mas a prática não é nova. Inclusive acontece tem tempo.

A John Deere, no ano de 1895, criou o conceito.  A empresa líder no mercado de máquinas agrícolas publicou a primeira edição da revista The Furrow, que fez vender rapidamente o estoque de produtos disponíveis.

Os consumidores da revista que não tinham as máquinas agrícolas passaram a ter. Nem todos, mas muitos deles. Os empresários criaram nos seus consumidores a vontade de ter esse produto.

É exatamente o que acontece até hoje, a revista educou o público, ganhou autoridade no assunto e influenciou diretamente a decisão de compra.

Desde então a prática ecoa até hoje. Dentro da internet ela virou uma prática extremamente rentável.

O Marketing de Conteúdo é isso, meu caro. É uma forma de vender tudo que há para vender. Você fornece conteúdo, resolve um problema da sua audiência e influencia na decisão de compra.

É negócio!

Você gostou desse conteúdo? Ainda há muito pela frente, continue comigo.

Diz pra mim o que você achou ai nos comentários. Vamos juntos!

Até a próxima.

Assista ao vídeo sobre o conteúdo:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *