Tráfego pago vs Tráfego orgânico: qual é o melhor?

A internet é um mundo, meu caro leitor. Nós dois sabemos disso.

Para chamar a atenção do potencial comprador vale quase tudo, inclusive investir em tráfego pago – se for o caso. Mas nem sempre é possível de cara colocar dinheiro em anúncios no Facebook, Instagram, Google etc.

É aí que entra o tráfego orgânico, é a sua alternativa para esse problema. Ele anda de braços dados com o Marketing de Conteúdo.

Vale a pena ressaltar que o tráfego pago, com as palavras-chave corretas, são um excelente investimento.

Neste artigo você vai descobrir qual forma de tráfego é mais vantajosa. E se realmente uma é mais vantajosa que a outra.

O que será que vale a pena?

Índice de tópicos

– Tráfego pago: o que é?

– Tráfego orgânico: o que é?

– Qual é a forma de tráfego mais vantajosa para o seu negócio?

– O tráfego pago e o seu negócio: como fazer?

– A estratégia essencial para o seu negócio online com o tráfego orgânico

– Conclusão

É hora de iniciar o conteúdo que prometi aqui. Leia até o final, o guia está COMPLETAÇO.

Primeiro a gente precisa falar sobre os tipos de tráfego que existem. E aí, quais são?

Vamos lá, são quatro os tipos de tráfego que existem atualmente.

Tráfego pago – é utilizado de forma direta, pagando anúncios para obter visualizações nas plataformas (Google, Facebook, Instagram etc.). O usuário acessa o seu site através dos anúncios.

Tráfego direto – o usuário acessa o seu site de maneira direta, sem vir de outro lugar. É uma maneira de tráfego orgânico, já que não há anúncios envolvidos.

Tráfego social – os usuários chegam ao seu site através das redes sociais, onde são compartilhados links que os levam direto para o seu site.

Tráfego de referência – aqui é utilizada a estratégia de backlinks. Os usuários chegam ao seu site a partir de publicações de referências em outros lugares.

– Tráfego pago: o que é?

O tráfego pago é o caminho mais curto para conquistar uma audiência e converter, mas não é tão simples como parece.

Aquela máxima de que para ser lembrado precisa ser visto vale e muito no Marketing Digital, precisa ser o seu mantra. E é isso que o tráfego pago vai te entregar: visualizações.

Ele funciona como um outdoor te exibindo (positivamente) para pessoas do nicho que você atua. É uma forma para que mais pessoas cheguem até você e o seu negócio.

Mesmo que você não produza conteúdo constantemente, você precisa de conteúdo – o mínimo. As pessoas precisam encontrar no seu site a resolução dos problemas delas.

Investir em tráfego pago significa pagar por anúncios em plataformas para elas mostrarem seu conteúdo com mais destaque na web. Para isto, geralmente são utilizadas imagens, palavras-chave, textos e vídeos.

Você só precisa delimitar bem o seu público de acordo com o seu nicho e esperar a mágica acontecer.

Como exemplos de tráfego pago temos o Google Ads, Facebook Ads, Instagram Ads etc.

– Tráfego orgânico: o que é?

Este é o caminho mais longo.  Mas não quer dizer que seja ruim.

É uma alternativa para quem não pode investir em tráfego pago logo de cara.

Bom, para que não fique confuso é preciso explicar bem.

Sabe cada visita que você recebe no seu site e/ou nas suas páginas das redes sociais? Então, isso é tráfego orgânico. Mas essas visitas só chegam até você se o seu conteúdo for visto e indexado nos buscadores.

Essa indexação é feita a partir de palavras-chave, e é dessa maneira que você vai potencializar as visualizações do seu conteúdo.

Quanto mais conteúdo de valor, mais visitas, e consequentemente mais tráfego orgânico.

Digamos que você tem uma empresa que presta serviços de limpeza doméstica. É preciso aumentar a cartela de clientes para obter mais lucro, sempre.

É aqui que entra o trabalho do tráfego orgânico. Aliado ao Marketing de Conteúdo, produzindo conteúdo de valor e resolvendo o problema de quem está em busca de soluções, você vai atrair mais visitas, e consequentemente vai ganhar mais clientes – é natural.

– Qual é a forma de tráfego mais vantajosa para o seu negócio?

É uma questão crucial, sem dúvida.

Eu digo que depende.

Depende do seu objetivo.

Quer ter um crescimento rápido e ser visto mais rapidamente? Invista em tráfego pago. É dessa maneira que o seu conteúdo vai ficar exposto, como dito um pouco acima.

Mas, isso só dura enquanto durar o anúncio. E é preciso produzir o mínimo de conteúdo para que os internautas cheguem até o seu site. Não adianta só aparecer, não é mesmo? O interessante é converter!

Agora, se você tem paciência e não tem pressa de converter, além de não investir dinheiro, o tráfego orgânico é a sua parada.

Invista em produção de conteúdo.

Com um conteúdo de valor, palavras-chave (SEO) aplicadas corretamente, e um bom empenho e perseverança, não resta dúvidas que o seu objetivo vai ser alcançado.

Mas lembre-se, através do tráfego orgânico as coisas andam mais lentamente, não se desespere.

– O tráfego pago e o seu negócio: como fazer?

Diferentemente do Facebook Ads, que cobra por visualizações, o Google Ads só cobra se alguém clicar no seu anúncio – tornando-se extremamente vantajoso. 

O Google Ads é o mais seguro, na minha humilde opinião.

Como fazer e mais sobre as plataformas

É preciso anunciar em plataformas. Escolha uma e/ou anuncie em todas ao mesmo tempo. Vamos falar das mais importantes aqui.

Vamos começar com o buscador mais famoso que conhecemos, o Google. Nele, podemos anunciar com o Google Ads.

Nessa plataforma você cria os anúncios baseados em texto e palavras-chave, e o seu anúncio aparece no topo do Google com o nome ANÚNCIO ao lado do seu link (podendo ser personalizado).

Já demos o exemplo sobre empresa de limpeza doméstica, vamos repetir esse exemplo para uma busca. Acompanhe na imagem abaixo.

Vantagens do Google Ads

– Segmentar para converter – os anúncios têm um alto poder de conversão com uma boa segmentação de palavras-chave.

– Os anúncios no Google Ads, feitos de maneira correta e estratégica, te retornam 50% de cada dólar investido nos anúncios.

– O Google é o maior e mais influente buscador do mundo.

– Quero anunciar no Facebook Ads

E faz muito bem!

Apesar de muitas pessoas dizerem o contrário, o Facebook ainda é e vai ser por muito tempo o queridinho de muita gente.  Há mais de duas bilhões de pessoas ativas no Facebook atualmente.

É nessa plataforma que seu futuro cliente está, e por isso torna-se um lugar interessante para se anunciar.

É possível anunciar na plataforma segmentando por palavras-chave, com o auxílio de fotos, vídeos e texto. Pode ser um tiro certeiro.

E como fazer?

Primeiro você precisa definir o orçamento. Saber quanto você está disposto a investir nesse serviço. É possível começar mesmo com 10 reais. Mas quanto maior o investimento, maior é o retorno.

Uma ideia interessante para complementar esse trabalho é investir em mais de um anúncio. Caso você tenha mais de uma persona, faça um anúncio direcionado para cada uma. Comece fazendo testes.

Você vai vendo no decorrer dos resultados, acompanhando as métricas, o que mais funciona.

E assim você começa, tenho certeza que logo os resultados aparecerão.

– A estratégia essencial para o seu negócio online com o tráfego orgânico

Os benefícios do tráfego orgânico:

– A relação custo-benefício é vantajosa

A redução de custos nesta etapa é interessante. Não há investimento em anúncios, mas o retorno é mais lento e menor.

– Ganho de relevância

Os sites anunciados diretamente não têm tanta credibilidade quanto aqueles que conseguem ranqueamento com tráfego orgânico. Por isso, a soma marketing de conteúdo + tráfego orgânico te rende relevância.

– Duração e relacionamento

Isso aqui é extremamente interessante: os seus resultados com tráfego orgânico não têm prazo de validade.

Um post pode te render diversas vendas por tempo indeterminado, diferentemente de um anúncio pago. O anúncio vai acabar, seu post não.

Como não existe uma urgência na venda, a venda orgânica é uma boa pedida. Além disso, essa estratégia vai te render uma boa construção de relacionamento com a sua audiência. O esforço será válido, pode ter certeza.

As melhores estratégias para tráfego orgânico

Marketing de Conteúdo

É uma das melhores estratégias do Marketing Digital, e o carro chefe aqui do nosso site. Se tem uma coisa que o conteúdo rende é tráfego orgânico, não há dúvidas. O Marketing de Conteúdo te renderá visitas, autoridade, audiência e o melhor: vendas.

SEO

Otimizar com palavras-chave é extremamente importante nesse mercado. Quando mais “nichado” melhor. Lembre-se: segmentar para vender.

– E-mail marketing

Alimentar a sua audiência com conteúdo direto é bom, é legal. Ajuda você a construir essa autoridade e faz o seu público tornar-se fiel ao seu conteúdo.

Conclusão

O tráfego orgânico não é melhor que o tráfego pago, nem vice-versa. O que será vantajoso para você vai depender sempre do seu objetivo.

Estruture bem a sua estratégia e teste. Tenho certeza de que seu tiro será certeiro!

E aí, gostou do artigo? Coloca aí nos comentários!

Até a próxima.

2 Comments


  1. Boa Tarde, Sr. Vinicius.

    Com o tráfego pago e utilizando o Facebook ou Instagram consigo direcionar a minha “propaganda” para um público específico? Quero direcionar com base nos dados que já tenho dos meus clientes.
    Agradeço.

    Reply

    1. Com certeza, Pedro.

      Essa é a real função do tráfego pago, direcionar a sua campanha para um determinado público. Boas vendas e sucesso!!

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *